Como ser um jornalista mais produtivo em 2016

produtividade

Ok. 2016 chegou faz um tempão, mas ainda existe aquela fumaça de preguiça no ar. Para realizar todas as promessas que você bradou no Réveillon, é preciso tirar a bunda da cadeira, ter mais produtividade e fazer acontecer. Quer uma forcinha?

Para sair do ponto A (vida que você tem) para o ponto B (vida que você quer ter), preencha quatro pilares no seu cotidiano: clareza, método, mentalidade e energia. Um pouquinho de vergonha na cara também não faz mal. hehe

Produtividade: clareza, método, mentalidade e energia

1 – Clareza

Sabe aquela história Alice no País das Maravilhas? Então, a menina Alice andava pelo bosque até encontra o gato que sorri e pergunta: “Gato, qual caminho devo seguir?”. Ele: “Mas qual é seu destino?”. Ela admitiu que não sabia. Ele arrematou: “Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve”. UOUUU! Toma na cara da Alice.

clareza

Tenha clareza sobre onde você você quer chegar. Assim, você vai estar confiante para tomar decisões e distinguir oportunidades de meras opções. Nem todo jegue que passa você deve montar. Escolha o que mais estiver alinhado com seu propósito. Por isso, tenha um propósito. Pessoas sem clareza são medianas e costumam ser apenas figurantes da própria vida. Triste.

2 – Método

Nós precisamos de métodos para colocar planos em prática. E aqui vão três verdades sobre produtividade, segundo o especialista no assunto Geronimo Theml.

  • Ocupar-se não é produzir. Muitas vezes nós fazemos muito durante o dia, chega a noite e temos a impressão de termos feito nada. Entenda: produzir é fazer o necessário para alcançar nossos sonhos. Uma dica é colocar alarmes no celular para tocar durante o dia: “Você está se ocupando ou produzindo?” Isso faz você perceber o que está fazendo no momento e saber se está no caminho certo ou precisa voltar ao foco.
  • Se você não tem agenda, acaba virando agenda dos outros. Você precisa ser o mais importante da sua vida. Então, não se perca nas redes sociais ou fazendo tarefas que não são de sua responsabilidade. A dica aqui é reservar horários para checar a caixa de e-mail. Desligue o som do Whatsapp e veja no máximo 3 vezes ao dia. Vixe, Maria! Será que a gente consegue? O cérebro é safado porque coloca a gente em uma zona de segurança. Se você não é acionado para mais nada disso, ele vai inventar motivos para espiar a tela do celular. Crie um canal de emergência com seguinte pensamento: “Se for urgente, alguém vai te ligar”.
  • Um dos maiores ladrões de energia é  pensar naquilo na hora que não pode ser feito. Conheça a síndrome do Temque. “Caracas…. tem que fazer isso e aquilo e aquele outro”. Acredite: isso suga sua energia, você não aproveita o momento e ainda não resolve o problema. A dica é criar um depósito de Temque. Faça uma lista de temques no celular e, apenas uma vez por semana, olhe. Segundo Theml, 30 % da lista você não precisa fazer mais.

3 – Mentalidade

A principal batalha que precisamos vencer está na nossa caixola. É a mais difícil e teimosa. Sabe aquele sentimento de que não vai dar, que as pessoas vão rir, que não tem como, que você não vai conseguir?! Rola um tapinha na cara de si mesmo nesses momentos. haha Encontre pessoas que tenham qualidade de pensamento e converse. Interaja e produza para tirar esses perrengues da cabeça. “Seja uma versão melhor de você a cada semana”, poetizou o especialista.

mentalidade

4 – Energia para produzir

Isso é ter tesão pelo o que faz. Você tem? Além da motivação e ação, é preciso prestar atenção no corpo. Beber água e alimentar-se bem faz toda a diferença na disposição em produzir. Isso é óbvio, mas é na obviedade que deslizamos.

Eaí? Valeu?

Além disso, preparei um PDF com os 10 aplicativos essenciais para jornalistas. Pegue o seu. 😉

10 aplicativos de produtividade para jornalistas

capa-10apps

Beijo.

V.